Search
Close this search box.

Os percursos da China com a inteligência artificial

Redação Culturize-se

Na China, mais de 70 modelos de linguagem de inteligência artificial (IA) de grande escala, conhecidos como LLMs (Large Language Models), foram lançados até o momento, conforme anunciado por Robin Li, CEO da Baidu, a mais recente adição a essa lista. A introdução do ChatGPT da OpenAI, em novembro passado, desencadeou uma corrida pelo desenvolvimento de produtos de consumo baseados em IA. É importante observar que o ChatGPT não está disponível na China, o que incentivou o país a acelerar o desenvolvimento de sua própria tecnologia.

Não apenas a Baidu, mas várias outras empresas chinesas estão participando dessa competição. Segundo a Reuters, a Alibaba pode já ter recebido aprovação para seu próprio modelo de IA, chamado Tongyi Qianwen. Um porta-voz da empresa teria informado à agência que estão apenas aguardando o lançamento oficial.

Foto: Reprodução/Internet

Durante o evento, Robin Li também compartilhou que a versão mais recente do chatbot de IA da Baidu, o Ernie 3.5, apresenta uma velocidade de processamento duas vezes maior do que sua versão anterior, com uma eficiência aprimorada em 50%. Ele anunciou ainda que a gigante chinesa planeja lançar uma nova versão em um futuro próximo.

Embora Robin Li tenha mencionado a existência de mais de 70 LLMs lançadas, ainda não foram divulgados detalhes sobre todas as empresas que receberam aprovação regulatória para seus modelos.

Corrida maluca

O governo chinês tem investido em IA como uma forma de tornar a China um “poder econômico”. No entanto, a regulamentação chinesa sobre o conteúdo gerado por IA busca estabelecer um equilíbrio delicado entre a promoção da inovação e a manutenção da ética e da segurança. A IA também faz parte da estratégia de desenvolvimento da China contemporânea, que busca transitar para um modelo de desenvolvimento mais orientado para a inovação. A China tem sido elogiada por seus avanços em IA, mas também tem sido criticada por questões de privacidade e segurança.

As principais empresas chinesas que atuam no desenvolvimento de IA são:

  • Baidu
  • Alibaba
  • Tencent
  • Cambricon Technologies
  • Beijing Junzheng

Essas empresas têm investido significativamente em pesquisa e desenvolvimento de IA, além de acumularem um grande número de patentes no setor de chips. As três primeiras empresas, Baidu, Alibaba e Tencent, são conhecidas como BAT e são responsáveis por grande parte dos investimentos em IA na China. Além disso, essas empresas estão entre as nove maiores empresas de IA do mundo, com um valor de mercado combinado de quase US$ 5 trilhões.

Focos de atenção

  • Sistemas de reconhecimento facial: empresas como a SenseTime e a Megvii têm desenvolvido sistemas de reconhecimento facial que são utilizados em diversas aplicações, desde segurança pública até pagamentos móveis.
  • Assistência médica: empresas como a Ping An Good Doctor e a iCarbonX estão desenvolvendo soluções de IA para diagnóstico e tratamento de doenças.
  • Chatbots: empresas como a Tencent e a Alibaba têm investido em chatbots baseados em IA para melhorar a experiência do usuário em seus aplicativos.
  • Veículos autônomos: empresas como a Baidu e a Pony.ai estão desenvolvendo tecnologias de direção autônoma para carros, ônibus e caminhões.
  • Análise de dados: empresas como a Alibaba e a Tencent têm desenvolvido soluções de análise de dados baseadas em IA para ajudar as empresas a tomar decisões mais informadas.

Na área da saúde, empresas como a Ping An Good Doctor e a iCarbonX estão desenvolvendo soluções de IA para diagnóstico e tratamento de doenças. Essas soluções incluem chatbots para triagem de pacientes e análise de dados para identificar padrões em grandes conjuntos de dados médicos. Na área financeira, empresas como a Ant Financial, uma subsidiária do Alibaba, estão utilizando IA para análise de risco de crédito e prevenção de fraudes. Além disso, a China está desenvolvendo um sistema de crédito social baseado em inteligência artificial que avalia o comportamento dos cidadãos e empresas em relação a questões como pontualidade no pagamento de contas e obediência às leis.

Deixe um comentário

Posts Recentes