Search
Close this search box.

Curtas temporadas: três dicas de espetáculos que unem histórico e longevidade

Kyra Piscitelli

O aniversário de companhias artísticas ou até empreitadas culturais é uma ótima razão para estar em cartaz e a jornada é uma bom caminho e régua de corte para escolhermos o que ver e não errar na qualidade. Pensando nisso, temos três dicas para você que quer ir ao teatro e comemorar a longevidade de projetos e companhias.

A primeira dica é internacional. O “The Opera Locos”, companhia espanhola Yllana desembarca pela primeira vez no Brasil com uma bagagem de três décadas de histórias e pouquíssimas apresentações em São Paulo e Rio de Janeiro. O espetáculo trabalha a linguagem operística com cenas absurdas.

A segunda dica é o começo da história do filme brasileiro de sucesso “Medida Provisória”, que aconteceu no teatro com a peça “Namíbia, não!” Também dirigido por Lazaro Ramos – assim como o filme. Com uma década de história, a peça marca a estreia do artista na direção teatral adulto e continua atual.

A última dica traz a Velha Companhia e seus 20 anos de história com um novo espetáculo: “Banco dos Sonhos”, que fará curta temporada no SESC Pompeia. São duas décadas dedicadas a pesquisa teatral, com ações artístico-sociais, fomentando uma dramaturgia contemporânea que preserva a memória do país e que alcança o público no seu repertório.

“The Opera locos”, companhia espanhola Yllana

Foto: Lighuen Desanto

Ao reunir trechos de óperas conhecidas e outros estilos musicais, espetáculo realizou turnês pela Europa, América Latina e Ásia e chega pela primeira vez no Brasil para apresentações em São Paulo e Rio de Janeiro, em comemoração as três décadas do grupo. Em cena de “The Opera Locos”, cinco atores-cantores se dividem entre diversos personagens, ressaltados por um visual extravagante e uma exímia técnica vocal. O grande ponto de partida é que todos eles só se comunicam, exclusivamente, na linguagem operística. Desta forma, uma série de cenas e situações tão absurdas quanto engraçadas se sucedem no palco.

SERVIÇO

“THE OPERA LOCOS”
Com a companhia Yllana – direção artística de David Ottone e Joe O’Curneen.

SÃO PAULO
de 2 a 5 de março no Teatro Procópio Ferreira

Horários: quinta, sexta e sábado, às 20h30; domingo, às 19h – Gênero: Comédia Musical Operística
Classificação: 12 anos
Duração: 85 minutos
Lotação: 624 lugares

Valor do ingresso: Setor Premium: R$ 160,00 (inteira) / R$ 80,00 (meia) / Setor I: R$ 120,00 (inteira) / R$ 60,00 (meia) / Setor II – R$ 50,00 (inteira) / R$25,00 (meia)

Contatos: [email protected]  / (11) 3083-4475 – Vendas: Sympla

Rua Augusta, 2.823 – Cerqueira César | São Paulo

Horário de funcionamento da bilheteria: Terça-feira e quarta-feira das 14h às 19h;

Quinta-feira a Domingo das 14h até o início do espetáculo;

RIO DE JANEIRO
de 9 a 12 de março no Teatro Casa Grande

Horários: quinta, sexta e domingo, às 20h; sábado, às 21h. Classificação: 12 anos; Duração: 85 minutos; Lotação: 1000 lugares; Valor: Plateia VIP/Camarote: R$ 160,00 (inteira) / R$ 80,00 (meia)/ Plateia Setor 1: R$ 120,00 (inteira) / R$ 60,00 (meia) / Balcão Setor 2: R$ 50,00 (inteira) / R$25,00 (meia).

Contatos: (21) 2511-0800 / [email protected].

“Namíbia, não!”, dirigido por Lázaro Ramos

Foto: Caio Lírio

Jhonny Salaberg e o dramaturgo Aldri Anunciação protagonizam espetáculo “Namíbia, não!” que desembarca em São Paulo, com sessões a preços populares. O Sesc Bom Retiro será o palco para as apresentações sextas e sábados, às 20h e nos domingos, às 18h, até 5 de março. A peça estreou em março de 2011, no Teatro Castro Alves (BA), por onde passou novamente em 2022. Ao longo de uma década, já levou mais de um milhão de pessoas aos teatros brasileiros. Recebeu premiações por seu texto, como o Prêmio R7 de Melhor Texto de Teatro (2012), o Prêmio Braskem de Teatro (2011) e o Prêmio Fapex. Já na categoria Ficção Juvenil, conquistou o Prêmio Jabuti (2012). Em 2022, Namíbia ganhou uma versão para o cinema, o filme “Medida Provisória”, também dirigido por Lázaro.

SERVIÇO

SESC Bom Retiro. Dias 03, 04 e 5/03 – Sextas e sábado, 20h. Domingos, 18h.

Valores: R$12 (credencial plena), R$20 (meia entrada) e R$40 (inteira). Classificação indicativa: 12 anos. Duração: 70 minutos.

“Banco dos sonhos”, da velha companhia

Foto: Enio César

Está aberta a temporada de comemorações dos 20 anos da Velha Companhia com o espetáculo “Banco Dos Sonhos”, que ficará em cartaz no SESC Pompeia de 2 de março a 2 de abril. De quinta a sábado 21h e domingos às 18h. Banco dos Sonhos revela o universo onírico de uma transtornada atriz à beira da morte, em uma rua insone da cidade de São Paulo, a partir da visita de uma inesperada credora.

SERVIÇO

SESC Pompeia. Temporada: 2 de março a 2 de abril. De quinta a sábado 21h e domingos às 18h. Ingressos: R$40,00. Pelo site e pelas bilheterias do Sesc Credencial plena: R$ 12,00. Estudantes, Idosos, PCD e seus Acompanhantes (meia entrada): R$ 20,00. Contato: [email protected]. Instagram e Facebook @velhacompanhia

Deixe um comentário

Posts Recentes