Série do FX explora guerra civil no Japão feudal

Superprodução "Xógum: A Gloriosa Saga do Japão" estreia no Brasil simultaneamente com os EUA nas plataformas de streaming da Disney, Disney+ e Star+, na terça (27) com episódios semanais.

Redação Culturize-se | Fotos: Divulgação 26/02/2024

"Xógum: A Gloriosa Saga do Japão" é uma minissérie épica de drama histórico baseada no romance homônimo de James Clavell, de 1975, e é dirigida por Justin Lin e Shawn Levy. A obra conta com um elenco majoritariamente japonês – que é, inclusive, um acontecimento de destaque em uma série americana.

A série se passa no Japão feudal no início do período Edo (1603) e traça a colisão de dois homens ambiciosos de mundos diferentes e uma misteriosa samurai.

A história foca principalmente nos personagens: John Blackthorne (Cosmo Jarvis), um corajoso marinheiro inglês que acaba naufragado no Japão; Lord Toranaga (Hiroyuki Sanada), um daimyo (governante feudal) astuto e poderoso, em desacordo com seus próprios e perigosos rivais políticos; e Lady Mariko (Anna Sawai), uma mulher com habilidades inestimáveis, mas laços familiares desonrosos, que deve provar seu valor e lealdade.

Ao longo da série, Blackthorne se envolve em intrigas políticas e conflitos militares, além de ter que lidar com as diferenças culturais e o preconceito. Ele também se apaixona por uma mulher japonesa, Mariko, o que gera ainda mais complicações em sua vida.

"Xógum" é uma série rica em detalhes e com uma produção impecável. Os cenários, figurinos e costumes são fielmente reconstituídos, criando uma atmosfera autêntica do Japão feudal. A produção, que já é sucesso de crítica, desponta com a melhor cotação da história do agregador Rotten Tomatoes entre as séries de TV.